Ceto, a Senhora dos perigos do mar

Forcis e Ceto
Forcis e Ceto

CETO (pronuncia-se Keto, do grego Κητώ, Kētō, que significa monstro do Mar) é uma Deusa marinha que personifica os perigos do mar. Mais especificamente, é a Deusa de baleias, grandes tubarões e monstros marinhos (do grego ketea).

É uma Deusa anterior aos Olimpianos, filha de Gaia com o titã Ponos, Ceto é irmã e consorte de Forcis (Phorkys) um deus do mar anterior a Poseidon, que, com seu irmão gerou monstros horríveis, entre eles Equidna (ou Ekhidna, uma serpente venenosa, também conhecida como “Viper“), Cilla (ou Skylla, um monstro que tinha o rosto e o peito de uma mulher, mas a partir de seus flancos cresceu seis cabeças caninas e doze patas cão, além ter rabo de serpente marinha), Ladon (um dragão das Hespérides, ou dragão do oeste), as Graiai Deino, Enyo, Pemphredo (também conhecidas como “as cinzentas” ou “as velhas”, em alguns relatos Perso tabém é inclusa como uma Graia) e as Gorgonas (três demônios alados conhecidas como Medusa, Sthenno e Euryale.

Como a mãe de Scylla, Ceto também foi chamada de Krataiis (das rochas), Lamia (o tubarão) e Trienos (Três vezes). O último título equiparando-a com as três vezes que engoliu o monstro Kharybdis. Krataiis também foi identificada (ou confundida) com a Deusa Hécate em alguns relatos do escritor romano Higino.

Ceto com Pontus e um leao atacanado os Gigantes na Gigantomaquia.
Ceto com Pontus e um leao atacanado os Gigantes na Gigantomaquia.

Ceto é considerada uma deusa extremamente bela que gerou filhas de grande beleza porém perigosas e odiadas pelos Deuses. Todavia, como é comum às divindades marinhas, Ceto possui um aspecto dual: enquanto era considerada dona de uma beleza divina, também eram vista com um monstro abissal capaz de gerar outros monstros iguais a si. Suas filhas também possuem 2 faces, uma uma encantadora e outra monstruosa.

Ceto é a personificação dos horrores e formas estranhas, coloridas e exuberantes que o mar pode produzir e revelar para os homens.

Ela foi o monstro enviado por Poseidon para atacar Andrômeda no mito Perseus e Andrômeda.

.

Curiosidades:

Havia um rio chamado Krataiis no território do Brutti, perto do Estreito de Messina, na Itália.

Na cidade israelense de Jaffa, segundo historiador romano Plínio, antes do dilúvio, em uma colina existia uma rocha sobre a qual podia se ver as marcas feitas pelas correntes com que Andrômeda estava acorrentada , e nele celebrava-se o culto da lendária deusa Ceto.

.

Parentesco:

  • Filha de Gaia com o titã Ponos (segundo Hesíodo em na Teogonia)
  • Irmã de Nereus, Traumas, Eurybia e Forcis que também é seu consorte
  • Mãe das Górgonas, das Graiai, de Equidna, Cilla e de Ladon (segundo a Teogonia)

.

Guia rápido de Correspondências:

  • Invoque Ceto para: Dualidade, medos, profundezas.
  • Animais: tubarão, baleia, monstros marinhos em geral.
  • Cores: Azul marinho
  • Face da Deusa: Mãe
  • Elemento: água
  • Símbolos: Baleias, tubarões, peixes grandes, mar.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s