O pentagrama e o pentagrama invertido

Resolvi escrever esse texto para ajudar na compreensão desse símbolo para nós.

O pentagrama com uma ponta para cima é o símbolo mais tradicional da Arte, imediatamente associado à Wicca. Porém, ele não é exclusivo da nossa religião, e outros caminhos podem dar a ele significados diferentes, que não são muito relevantes para nós.

Sempre precisamos entender o símbolo dentro do contexto em que é usado, pois para grupos diferentes, ele significa coisas completamente distintas. É o caso do pentagrama invertido, tido por muitos como um símbolo satânico ou mal. Mas na verdade, não é bem assim.

O pentagrama com uma ponta para cima é um símbolo venusiano da Deusa. A cada ciclo de oito anos, o planeta Vênus em sua órbita faz o movimento aparente de um perfeito pentagrama pelos céus. Por isso, esse é um símbolo da vida, da fertilidade e do amor para nós. A tradicional postura wiccana conhecida como Postura da Deusa consiste em separar as pernas e erguer os braços como um pentagrama. É a representação do poder gerador da vida, renascimento e criação femininos. É o próprio ventre da Deusa.

Cada ponta do pentagrama é associada a um elemento da natureza. Quando colocado sobre o nosso corpo, isso revela um mistério: o ser humano é um microcosmo do universo, e contém em si todas as energias primordiais formadoras da vida. Assim acima como abaixo. Somos pequenos Deuses.

A partir da figura do pentagrama com uma ponta da para cima, se desenvolveram diversas formas de traçado do símbolo . De cima para a ponta inferior esquerda, por exemplo, temos o Pentagrama de Invocação da Terra. Fazendo o movimento oposto, temos o Pentagrama de Banimento da Terra (veja, ele não é usado invertido para banir. Apenas desenhado num sentido diferente).

Mas e o pentagrama invertido?

Para nós, ele não é um símbolo do mal, e nem um símbolo da “dominação da matéria sobre o espírito”, porque para a Wicca matéria e espírito não são opostos – são apenas vibrações diferentes da mesma coisa.

Na Wicca, não vemos a matéria como algo negativo, mas celebramos a vida e o renascimento. Não há um conflito entre espírito e matéria, mas sim uma grande harmonia. Na Wicca, o pentagrama invertido sempre foi utilizado como um símbolo sagrado ao Deus de Chifres, do Sagrado Masculino e dos poderes da morte. Mas a morte não é temida ou vista como algo ruim – e sim como um portal para o renascimento. Ele representa a polaridade oposta ao pentagrama com uma ponta para cima: A Deusa e o Deus, o Nascimento e a Morte, a Fertilidade e o Fertilizador. Há ainda um aspecto mistérico importante no pentagrama invertido: nossa religião é iniciática, e toda Iniciação é uma Morte. Ninguém se torna um sacerdote ou sacerdotisa da Arte sem atravessar os portais da Morte.

Texto original por Flávio Lopes, bruxo, sacerdote wiccano, paulistano, amante de chocolate, de manhãs quentes, de abelhas e livros.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s