Medb, Deusa da propriedade, das batalhas e da sensualidade

queen-maeve-a2-detail-2

Medb em irlandês antigo (pronuncia-se “Mêv“), também escrito como Meadb, Méabh ou, simplesmente Maeve, Maev ou Maive é uma rainha de Connacht no Ciclo de Ulster (conjunto de histórias que falam sobre os heróis de Ulster) da mitologia Irlandesa. Freqüentemente cultuada como Deusa por ter exercido poder e fascínio entre seus súditos.

O Festival Pagão de Mabon era comemorado em sua honra. Medb simboliza o poder feminino e é a personificação da própria Terra e sua prosperidade. É uma mulher muito bela e forte, dotada de uma mente brilhante, estrategista hábil, talhada para enfrentar todo o tipo de batalhas. Muito segura de sua feminilidade e sexualidade. Diziam que possuía um apetite sexual voraz, mas é um erro vê-la como inconveniente e lasciva que utilizava a satisfação sexual com a finalidade de ganho egoístico. Ela ofertava aos seus consortes uma taça bebida como seu sangue. O cálice de Medb representa o sangue menstrual que era considerado como “o vinho da sabedoria das mulheres”.

maevSeu nome significa “Mulher ébria”e “intoxicante” em referencia à “Mead”, uma antiga bebida alcóolica feita com Mel.

Reinou sobre Connacht, e pertenceu ao Ciclo de Ulster. Tida como Deusa da Guerra, ela participou efetivamente de vários combates, pois as mulheres lutavam bravamente.  Foi também um símbolo de sexualidade plena e exuberante. Medb tinha o poder de escolher seus parceiros. Sua relação com a sexualidade nada tinha a ver com promiscuidade, ao contrário disso, era saudável e magnética. O corpo e o prazer eram vivenciados sem malícia, venerados e respeitados dentro daquela cultura.

Seu marido era Ailill Mac Máta, mas já teve vários outros antes dele, que eram também reis de Connacht. Ela governa Cruachan (agora conhecido como Rathcroghan, no condado de Roscommon). É a inimiga (e ex-esposa) de Conchobar Mac Nessa, rei de Ulster, e é mais conhecida por ter iniciado o Táin Bó Cúailnge (“O roubo de gado de Cooley”) para roubar o touro premiado de Ulster.

.

Mitologia

queen_medb_by_offeringComo Medb subiu ao poder em Connacht e seu casamento com Ailill é contada no conto de Cath Bóinde (“A Batalha do Boyne”) também conhecido como Ferchuitred Medba ( conto que fala como Medb lida com seu homem). Seu pai, Eochaid Feidlech, o Alto Rei da Irlanda, casou ela com Conchobar mac Nessa, rei de Ulster, porque ele tinha matado o suposto pai de Conchobar em uma batalha. Ela lhe deu um filho, Glaisne, mas o casamento foi ruim e ela o deixou. Eochaid deu à Conchobar outra de suas filhas, Eithne (também chamada de Clothru), mas Medb a assassinou enquanto estava grávida; Seu filho, Furbaide, nasceu por cesárea póstuma.

Eochaid depôs o então rei de Connacht, Tinni mac Conri, e instalou Medb em seu lugar. No entanto, Tinni recuperou uma parte do trono quando ele e Medb se tornaram amantes. Conchobar estuprou Medb após uma assembléia em Tara, e a guerra se seguiu entre o rei elevado e Ulster. Tinni desafiou Conchobar para combate e perdeu. Eochaid Dála, do povo Fir Domnann, que tinha sido o rival de Tinni para a realeza, protegia o exército de Connacht enquanto recuava, e se tornou o próximo marido de Medb e rei de Connacht. Medb exigiu que seu marido satisfizesse seus três critérios – que ele não sentisse medo, maldade ou ciúme. O último foi particularmente importante, pois ela tinha muitos amantes. Quando casada com Eochaid Dála, ela tomou Ailill mac Máta, chefe de seu guarda-costas, como seu amante. Eochaid descobriu o caso, desafiou Ailill para combate e perdeu. Ailill então se casou com Medb e tornou-se rei de Connacht.

Medb e Ailill tiveram sete filhos, todos chamados de Maine. Eles originalmente tinham outros nomes, mas quando Medb perguntou a um druida qual de seus filhos mataria Conchobar, ele respondeu: “Maine”. Ela não tinha um filho chamado Maine, então renomeou todos os seus filhos da seguinte forma:
Fedlimid se tornou Maine Athramail (“como seu pai”)
Cairbre se tornou Maine Máthramail (“como sua mãe)
Eochaid se tornou Maine Andoe (“a troca”) e também conhecido por Cich-Maine Andoe or Cichmuine
Fergus se tornou Maine Taí (“o silencio”)
Cet se tornou Maine Mórgor (“de grande dever)
Sin se tornou Maine Mílscothach (“língua de mel”)
Dáir ese tornou Maine Móepirt (“além de descrição”)

A profecia foi cumprida quando Maine Andoe matou Conchobar, filho de Arthur, filho de Bruide – não Conchobar, filho de Fachtna Fathach, quem Medb achava que fosse o que o druida disse. Medb e Ailill também tiveram uma filha, Findabair.

O roubo do gado de Cooley

Medb insistia que ela igual riqueza ao seu marido, e começou o assalto do gado de Cooley quando descobriu que Ailill era um touro mais rico do que ela. Ela descobriu que o único rival a esse touro de Ailill, Finnbennach, era o touro Donn Cúailnge, de propriedade de Dáire mac Fiachna, um vassalo de Conchobar. Ela enviou mensageiros a Dáire, oferecendo riqueza, terra e favores sexuais em troca do empréstimo do touro, e Dáire inicialmente concordou. Mas quando um mensageiro bêbado declarou que, se não tivesse concordado, o touro teria sido tomado pela força, Dáire retirou seu consentimento, e Medb se preparou para a guerra.

medb-of-connachtLevantou-se exércitos envolvendo pessoas de toda a Irlanda. Um era um grupo de exilados do Ulster liderados pelo filho distante de Conchobar, Cormac Cond Longas, e seu pai adotivo, Fergus mac Róich, ex-rei de Ulster e amantes de Medb.
A relação de Medb com Fergus é contada no primeiro poema Conailla Medb míchuru; onde se afirma que Medb seduziu Fergus para que ele se virasse contra Ulster “porque ele preferiu as nádegas de uma mulher ao seu próprio povo”.

Por causa de uma maldição divina sobre os homens de Ulster, a invasão foi combatida apenas pelo adolescente Cúchulainn, que sustentou o avanço do exército ao exigir um combate único em um vau. Medb e Ailill ofereceram sua filha Findabair em casamento a uma série de heróis como pagamento para combater Cúchulainn, mas todos foram derrotados. No entanto, Medb garantiu o touro. Entretanto, após uma batalha final de encontro ao exército de Conchobar, foi forçada a retirar-se. O touro Donn Cúailnge foi trazido de volta a Cruachan, onde lutou contra o touro de Ailill, Finnbennach, matando-o, mas morrendo de suas feridas.

Além disso, em todo o conto, Medb tem vários encontros com Cúchulainn em que ele mata seus animais de estimação ou suas servas e o lugar em que foram mortas recebe seus nomes em homenagem, o que ilustra a importância da paisagem em todo o texto do Táin Bó Cúailnge.

A queda de Medb em Knocknarea

image020Em seus últimos anos,Mebd freqüentemente ia se banhar em uma piscina em Inchcleraun (Inis Cloithreann), uma ilha no lsgo Lough Ree, perto de Knockcroghery. Furbaide procurou vingança pela morte de sua mãe. Ele pegou uma corda e mediu a distância entre a o lago e a costa, e praticou com a sua funda até que ele pudesse derrubar uma maçã em cima de uma estaca com a altura de Medb a partir daquela distância. Na próxima vez que viu Medb tomar banho ele colocou em prática seus treinos e matou-a com um pedaço de queijo. Ela foi sucedida ao trono de Connacht por seu filho Maine Athramail.

Segundo a lenda, Medb está enterrada em um monte de pedra de 12 metros de altura no cume de Knocknarea, no condado de Sligo. Supostamente, ela está enterrada de frente para seus inimigos em Ulster. Sua casa em Rathcroghan, condado Roscommon, é também um local de enterro potencial, com uma longa laje baixa nomeada “Misgaun Medb” que é dada como local mais provável.

.

Deusas com os atributos semelhantes:

  • Mitologia Grega: Afrodite
  • Mitologia Nórdica: Freya
  • Mitologia Romana: Vênus

.

Guia rápido de Correspondências:

  • Invoque Medb para: Amor, beleza, atividade sexual, batalhas, riqueza, ouro, transes, fertilidade, contato com a terra, domínios, soberania, realeza.
  • Animais: touro, lagarto
  • Aromas e plantas: cravo, benjoim
  • Face da Deusa: Mãe
  • Dia da Semana: Sexta-feira (face de Deusa do Amor) e Terça-Feira (face Guerreira)
  • Dia: 21 de maio
  • Elemento: terra
  • Signo: Gêmeos
  • Estação do Ano: outono e inverno
  • Símbolos: pedras douradas, touros, cálice

.

 

 

Anúncios

5 comentários sobre “Medb, Deusa da propriedade, das batalhas e da sensualidade

  1. AMEI!!! Amei seu site inteiro! Você pretende fazer um post sobre Brigid? A internet carece de contribuições como as suas.

    1. Pretendo sim, está no forno, mas como tem MUITA informação e nem todas confiáveis, tá meio difícil escolher o que colocar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s